BLOG DO SIMON

Como evitar comprar carros “inundados”

Como evitar comprar carros “inundados”

As tempestades causam prejuízos de várias ordens. E neste artigo você terá dicas de como evitar carros que sofreram inundações durante o período rigoroso de chuvas fortes, muitas ocasionadas por furacões.

Especialistas em automóveis dizem que a cada 500 mil para 1 milhão de carros podem ser desfeitos nas tempestades, e muitos irão acabar em concessionárias ou parar em leilões.

O lado de fora do carro pode parecer bom, mas é o que está embaixo e dentro, que o dará como um veículo danificado.

Algumas pessoas não saberão que elas têm um carro danificado por inundações até que seja tarde demais. Os furacões Harvey, Irma e Maria deixaram milhares de veículos debaixo d'água. Muitos deles serão limpos e vendidos.

"Alguns dos sinais mais óbvios estão tomando um cheiro dentro do carro, certifique-se de não cheirar a umidade", dizem especialistas.

Você também deve verificar as luzes da frente e traseira, pos ali pode concentrar muita água e umidade. Para evitar que um carro já sofreu inundações, verifique o histórico online e peça um relatório detalhado do local onde você for comprá-lo. O Title do veículo deve informar ainda que se trata de um veículo inundado e, portanto, recuperado. 

Mas às vezes as pessoas não são honestas. Por isso, é fundamental entrar em contato conosco, ao comprar um carro, para que haja uma inspeção completa.

Os carros estão cheios de eletrônicos e, sendo assim, dirigir um carro inundado é perigoso. Se você vai comprar um usado, a mecânica também sugere olhar sob o capô para quaisquer sinais de ferrugem ou corrosão.

Você vai querer manter um olho no preço também. Se estiver muito abaixo do valor justo de mercado, é uma bandeira vermelha.

Veja Também

  • Os acidentes automobilísticos são comuns causando uma parcela significativa de mortes de trânsito, nos Estados Unidos, a cada ano. Embora dirigir nas estradas tem se tornado cada vez mais perigoso, muitos acidentes são menores e não envolvem negligência grave ou imprudência. Muitas vezes, os acidentes automobilísticos são resolvidos através de ações civis ou através de companhias de seguros.Ler mais

  • Um executivo da Volkswagen AG, com sede nos EUA, foi condenado a sete anos de prisão e multado em U$ 400 mil por seu papel em um escândalo de emissões de diesel que custou a montadora alemã até U$ 30 bilhões.

    A pena de prisão e a multa para o executivo, Oliver Schmidt, foram o máximo possível no âmbito de um acordo de alegação em agosto, com os promotores depois de admitir acusações de conspirar para enganar os reguladores dos EUA e violar as leis de ar puro. ... Ler mais

Comentários