BLOG DO SIMON

A mulher que facilitou a visibilidade dos motoristas!!

A mulher que facilitou a visibilidade dos motoristas!!

Uma ótima ideia pode revolucionar o mundo, mas não produzirá resultados até que o sangue e o suor sejam supridos como pagamento inicial. Se você não está disposto a fazer isso, esqueça a ideia, pois só pode acabar se tornando um lembrete constante do seu fracasso. Esta era uma dura realidade para duas inventoras, entre elas Charlotte Bridgwood, que reinventou o limpador de pára-brisa de carros automático.  

Durante um tempo em que as mulheres praticamente não tinham direitos ou credibilidade, elas fizeram as coisas mais estranhas - inventaram. Na verdade, suas inspirações logo se tornaram uma necessidade para todos os carros. Os limpadores de pára-brisas podem parecer nada para nós, agora, mas sem isso a condução seria quase impossível em dias chuvosos ou nevados.

Mesmo quando não está chovendo ou nevando, existem bugs a serem considerados. Em certas estradas, com incômodos lustres e voadores em seu caminho procurando por companheiros, você agradecerá ao céu que tenha limpadores de pára-brisas.  

Em 1903, Mary Anderson inventou os primeiros limpadores manuais, mas depois deixou a ideia caducar em proteções de direitos autorais quando ela não poderia vender às empresas. Quem iria comprá-la?  

Uma ótima ideia não morreu com tanta facilidade. Em 1917, Charlotte Bridgwood reinventou o pára-brisa manual e tornou-o mais automático. No entanto, houve muita resistência. Talvez não bastasse apenas criar e dizer aqui. Eles devem gritar! "Aqui está! Eu fiz isso e me sinto orgulhosa disso!”.

Esta é mais uma personagem da nossa série que conta a importância das mulheres na indústria automobilística. Ao contrário do que muitos podem imaginar, elas entendem muito de carro. Elas fazem a diferença!

Veja Também

  • Para quem reside em Massachusetts, o estado estabelece uma série progressiva de educação, restrições e supervisão para motoristas adolescentes, a fim de limitar situações de condução de alto risco. Este sistema melhora as chances de um resultado bem-sucedido para o jovem motorista e dá aos pais e guardiões a chance de participar da experiência de aprendizagem, envolvendo-se no processo de educação e supervisão do Operador Júnior.


    Licença do aluno em... Ler mais

  • A General Motors deverá pagar U$ 120 milhões para resolver reclamações de todos os Estados Unidos sobre interruptores de ignição defeituosos, de acordo com um relatório divulgado pela CNBC.

    Em junho, a montadora teve de responder a mais de 200 processos por conta do problema na ignição.

    Ler mais

Comentários